Impacto das Rotas de Portugal do Escape Livre continua a crescer

Estrada Nacional 221

O projeto Rotas de Portugal do Clube Escape Livre continua a deixar a sua marca na descoberta do país, desta vez com a iniciativa a partir da dinâmica Câmara Municipal de Freixo de Espada à Cinta com a colocação do marco do Km90 da EN221 no coração da vila raiana.

O projeto Rotas de Portugal, lançado em 2021 pelo Clube Escape Livre, desafiou-se a criar 4 rotas turísticas ao longo das quatro estradas nacionais mais impactantes com ligação à cidade da Guarda. Foram criadas as rotas da EN18, que liga a Guarda a Ervidel, da EN221, ligando Miranda do Douro à Guarda, da EN16, ligando Aveiro a Vilar Formoso e da EN17, ligando Coimbra a Celorico da Beira.

A iniciativa procurou envolver os diferentes agentes promotores do território, como os vários municípios, comissões vitivinícolas, aldeias históricas, hotelaria e restauração das zonas do país atravessadas por estas vias rodoviárias. O objetivo de trazer para a ribalta estes magníficos percursos, atraindo visitantes e desafiando os portugueses a percorrer estas estradas descobrindo os seus segredos continua, ainda hoje, a deixar a sua marca em Portugal.

A partir da passada sexta-feira, 10 de maio, quem percorrer a EN221, ao passar no centro da vila de Freixo de Espada à Cinta vai já encontrar o novo e emblemático marco do Km90 da EN221.

Este marco assinala a importância da rota da EN221 na região e permite aos viajantes deixar a sua marca ao percorrê-la, visitando e descobrindo o melhor que este território tem para oferecer a quem o visita.

Para Nuno Ferreira, Presidente da Câmara de Freixo de Espada à Cinta, “a importância da iniciativa do Clube Escape Livre para dar visibilidade a esta estrada está alinhada com a nossa vontade de trazer os portugueses até este território que tanto tem para mostrar e oferecer”.

Estrada Nacional 221

Como uma das mais dinâmicas e premiadas autarquias da atualidade em Portugal, Freixo de Espada à Cinta deixa ainda o desafio para que o resto dos municípios atravessados pela EN221 trabalhem em conjunto para continuar a desenvolver e promover estas rotas turísticas que tanta gente e riqueza atrai para o nosso interior.

Luís Coelho, responsável pelo projeto do Escape Livre, destaca “o orgulho que é poder continuar a contribuir para a promoção do território e ver um pequeno projeto ganhar uma dimensão tão grande, e a deixar marcas que vão permanecer no tempo em Portugal”.

Depois da recolocação do marco do Km0 da EN18 na cidade da Guarda, que assinalou o início deste projeto, e de já vários outros municípios terem assinalado com marcos quilométricos, painéis de visitantes e totens turísticos a passagem destas estradas pelo seu território, as Rotas de Portugal continuam a deixar a sua marca no território e, mais importante, a provar ser uma excelente ferramenta na promoção e divulgação do turismo.